Childstories.org Logo
Menu
Childstories.org Logo
  • 1
  • Contos bonitas
    para crianças
  • 2
  • Ordenado por
    tempo de leitura
  • 3
  • Perfeito para
    ler em voz alta
Os filhos de Eva
Grimm Märchen

Os filhos de Eva - Contos de fadas dos Irmãos Grimm

Tempo de leitura para crianças: 5 min

Quando Adão e Eva foram expulsos do paraiso terrestre, foram obrigados a construir para si uma casa num terreno inculto e comer o pão ganho com o suor de seu rosto. Adão cultivava a terra e Eva fiava a lã. Todos os anos, Eva punha um filho no mundo, mas os filhos eram diferentes um do outro; uns eram bonitos e outros feios. Decorrido bastante tempo, Deus enviou um Anjo para anunciar-lhes que iria visitá-los e ver como se arranjavam. Eva, muito contente com a magnanimidade de Deus, tratou de limpar escrupulosamente a casa, depois enfeitou-a com lindas flores e espalhou juncos pelo chão. Em seguida, chamou os filhos, deu-lhes um bom banho, penteou-lhes o cabelo, vestiu-lhes camisas bem lavadinhas e recomendou que se comportassem direitinho e com boas maneiras na presença do Senhor, explicando que deviam curvar-se graciosamente diante dele, dar-lhe a mão e responder com modéstia às suas perguntas. Os filhos feios, porém, não deveriam aparecer. Por conseguinte, escondeu um sob a pilha de feno, outro no sótão da casa, o terceiro no meio da palha, o quarto dentro do forno, o quinto na adega, o sexto debaixo da tina, o sétimo dentro de um barril vazio, o oitavo dentro de sua velha peliça, o nono e o décimo no meio do pano de fazer camisas, o undécimo e o duodécimo debaixo do couro de fazer sapatos. Mas apenas acabara essa tarefa, quando bateram à porta. Adão espiou por uma fresta e viu que era o Senhor. Com a máxima reverência abriu a porta e o Pai celestial entrou. Os filhos bonitos estavam todos enfileirados; inclinaram-se graciosamente, deram-lhe a mão e ajoelharam ao seu lado. Então o Senhor pôs-se a distribuir as suas bênçãos e graças. Pousou a mão sobre a cabeça do primeiro e disse. – Tu serás um grande rei. E ao segundo:

– Tu, um grande príncipe. E ao terceiro:

– Tu, um conde. E ao quarto:

– Tu, um cavalheiro. E ao quinto:

– Tu, um fidalgo. Ao sexto:

– Tu, um burguês. Ao sétimo:

– Tu, um comerciante. Ao oitavo:

– Tu, um sábio. E com isso deu a todos a sua santa bênção. Eva, vendo que o Senhor era tão magnânimo e misericordioso, pensou logo: „Acho melhor ir buscar os meus filhos feios; talvez a eles também dê a bênção.“

Apressou-se a tirá-los de sob o feno, da palha, do forno e dos demais esconderijos. E ei-los todos em tropel, toscos, sujos, sarnentos e fuliginosos. O Senhor, ao ver aquele bando, sorriu e observando-os um por um, disse:

– Abençoarei estes também. Colocou a mão sobre o primeiro e disse:

– Tu serás um camponês. E disse ao segundo:

– Tu, um pescador. Ao terceiro:

– Tu, um ferreiro. Ao quarto:

– Tu, um curtidor. Ao quinto:

– Tu um tecelão. Ao sexto:

– Tu, um sapateiro. Ao sétimo:

– Tu, um alfaiate. Ao oitavo:

– Tu, um oleiro. Ao nono:

– Tu, um carroceiro. Ao décimo:

– Tu, um marinheiro. Ao undécimo:

– Tu, um entregador de recados. Ao duodécimo:

– Tu, um criado para toda a vida. Eva, depois de ouvir atentamente o que ele dizia, exclamou:

– Senhor, quanta desigualdade nas tuas bênçãos! Estes, também, são filhos meus, nascidos de mim como os outros; a tua graça deveria ser igual para todos! Deus fitou-a, bondosamente, e respondeu:

– Eva, tu não podes compreender. Cumpre-me povoar o mundo com teus filhos e prover as suas necessidades. Se fossem todos príncipes e fidalgos, quem cultivaria a terra? Quem debulharia as espigas? Quem moeria o trigo para produzir a farinha de fazer pão? Quem malharia o ferro? Quem teceria o pano para se vestirem? Quem racharia a lenha para fazer fogo? Quem construiria as casas e quem costuraria a roupa? Cada um tem que exercer o seu mister, de maneira que se possam manter e ajudar mutuamente, assim como os membros mantêm o corpo. Eva então respondeu:

– Perdoa-me, Senhor! Reconheço que fui insensata em contradizer as tuas disposições. Meu Deus. que se cumpra a tua vontade em todos os meus filhos!

Leia outro conto de fadas curto (5 min)

Informação para análise científica


Estatísticas de contos de fadas
Valor
NúmeroKHM 180
Aarne-Thompson-Uther ÍndiceATU Typ 758
Traduções english deutsch
Índice de legibilidade de acordo com Björnsson26.7
Flesch-Reading-Ease Índice40.3
Flesch–Kincaid Grade-Level9.8
Gunning Fog Índice12.4
Coleman–Liau Índice9.8
SMOG Índice11.2
Índice de legibilidade automatizado3.4
Número de Caracteres3.825
Número de Letras2.928
Número de Sentenças78
Número de Palavras674
Média de Palavras por frase8,64
Palavras com mais de 6 letras122
percentagem de palavras longas18.1%
Número de Sílabas1.257
Média de Sílabas por palavra1,86
Palavras com três sílabas151
Percentagem de palavras com três sílabas22.4%

Fontes de imagens: © Andrea Danti / Shutterstock

Perguntas, comentários ou relatórios de experiência?

Os melhores contos de fadas

Direito autoral © 2024 - Todos os direitos reservados | Sobre nós | Proteção de dadosApoiado por childstories.org

Keine Internetverbindung


Sie sind nicht mit dem Internet verbunden. Bitte überprüfen Sie Ihre Netzwerkverbindung.


Versuchen Sie Folgendes:


  • 1. Prüfen Sie Ihr Netzwerkkabel, ihren Router oder Ihr Smartphone

  • 2. Aktivieren Sie ihre Mobile Daten -oder WLAN-Verbindung erneut

  • 3. Prüfen Sie das Signal an Ihrem Standort

  • 4. Führen Sie eine Netzwerkdiagnose durch